segunda-feira, 15 de junho de 2009

Dirigente do PT recorre de decisão do partido

O presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Fortaleza, Raimundo Ângelo, afirmou que tanto ele como o presidente estadual da agremiação, Ilário Marques, vão recorrer das mudanças inseridas pela Executiva Nacional da legenda, em relação ao Processo de Eleição Direta (PED) 2009, que ocorrerá em novembro próximo. O dirigente diz ainda que vai conversar com integrantes cearenses do diretório nacional, que estarão reunidos na próxima sexta-feira (19), em São Paulo, em encontro do diretório.
De acordo com Raimundo Ângelo, faltou comunicação por parte da direção nacional em esclarecer os pontos da referentes as inelegibilidades dos candidatos. ´No meu caso, minha primeira eleição foi em 2007. O anterior era o mandato do Pinheiro, então faltou comunicação da direção nacional para as estaduais e municipais em relação a esses pontos, que estão confusos´, ressaltou.

Articulações

Além de encaminhar um recurso, o qual classifica na verdade como uma consulta à Direção Nacional, em torno de sua situação, Raimundo Ângelo explicou que pretende conversar com os quatro petistas cearenses que fazem parte do referido diretório.
Caso o diretório, na próxima sexta-feira, ratifique a posição tomada pela Executiva Nacional , Raimundo Ângelo explicou que vai conversar com todas as correntes para que seja apresentado um candidato consensual. ´Eu acho que serei candidato, mas, se não puder, não terei a menor dificuldade em conversar com as demais correntes ´, ressaltou. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário