terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Assalto a banco no interior tem semelhança com o que aconteceu no banco Central

Embora esteja nas primeiras investigações, a Polícia não descartou, a princípio, uma suposta ligação entre o furto no BB de Quixadá e o caso do Banco Central, registrado em agosto de 2005, em Fortaleza. Aquele foi o maior furto a banco registrado na história brasileira. Os ladrões levaram três meses, para escavar o túnel de 80 metros de extensão, entre uma casa alugada (sob a fachada de uma loja de grama sintética) e a casa forte do BC, de onde foram retirados R$ 164,6 milhões em notas de R$ 50,00.
Até hoje, os detalhes técnicos da operação que resultou no maior furto a banco no Brasil não foram totalmente desvendados. No ano passado, a Polícia Federal deu por encerradas as investigações que duraram três anos e três meses. Neste período, as autoridades só conseguiram recuperar R$ 20 milhões em espécie e outros R$ 30 milhões em bens adquiridos pelos envolvidos.InvestigarHoje, a Polícia Civil e peritos da PF retomam as investigações na cidade de Quixadá com a intenção de chegar aos ladrões. As diligências podem se estender a outras cidades daquela região e mesmo para fora do Ceará.

Wilson Gomes, com informações do DN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário