terça-feira, 15 de julho de 2008

PT TEM CANDIDATURA IMPUGNADA

Mais dores de cabeça para a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), candidata a um novo mandato. O Ministério Público Eleitoral decidiu impugnar, por irregularidade na convenção, o registro de candidatura da chapa do Partido dos Trabalhadores (PT) para a eleição majoritária em Fortaleza, formada por Luizianne de Oliveira Lins e Raimundo Nonato Lima Ângelo, candidatos, respectivamente, a prefeita e vice-prefeito.O pedido de impugnação foi encaminhado nesta segunda-feira, 14 de julho, ao juiz da 116ª Zona Eleitoral do Ceará. O MPE/CE concluiu que a ata apresentada pelo Partido dos Trabalhadores não retrata a realidade da convenção realizada no dia 29 de junho e, por conseqüência, não atende aos requisitos exigidos pela legislação eleitoral.Pelo documento apresentado pelo PT, Luizianne Lins e Raimundo Ângelo teriam sido escolhidos como candidatos. Entretanto, após a convenção, em entrevista à imprensa, integrantes da coligação da qual o PT faz parte e a própria Luizianne informaram a inexistência de indicação para candidato a vice-prefeito.
Os contratatempos na escolha do vice começaram na convenção municipal e, passados 15 dias, Luizianne ainda não tem definido o companheiro de chapa. Um dos nomes mais cotados, que teria sido indicado pelo governador Cid Gomes (PSB), é o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Tin Gomes (PHS). Cid demonstrou irritação com a indefinição na chapa de Luizianne e, com enxaqueca, pegou um avião (de carreira) e foi para Europa descansar durante 10 dias.

Por Wilson Gomes, com informações do Cearaagora

Nenhum comentário:

Postar um comentário