quarta-feira, 16 de julho de 2008

Criança demora ser atendida na Santa Casa de Misericórdia de Sobral

O desespero de pessoas que se encontravam na noite de ontem na porta emergência da Santa Casa Misericórdia de Sobral, indignados pela falta de atendimento médico a uma criança oriunda da cidade de Crateús, chamou a atenção da imprensa e também da polícia. O fato aconteceu por volta das 21 horas, quando uma ambulância chegou da cidade de Crateús (distante 230 km de Sobral), conduzindo uma criança e o motorista a estacionar foi informado de que a criança não poderia sair da ambulância porque não teria médico para atende-la. A decisão chamou atenção das pessoas que foram para o balcão de atendimento pedir providências. A atitude das pessoas chamou a atenção da imprensa que se encontravam no hospital naquele momento. O fato foi transmitido ao vivo pela rádio Caiçara e poucos minutos ganhou repercussão na cidade. Para conter os ânimos da população uma viatura polícia foi deslocada para o local. Horas depois uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou ao hospital e fez o atendimento a criança. Sob orientação da equipe do SAMU, a criança teve que ficar internada naquele hospital. A direção da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, não se manifestou sobre o episódio.
Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário