quarta-feira, 20 de junho de 2012

A vida parou no município do Ipu

 

Faz uma semana que Ipu, município na Zona Norte do Ceará, está literalmente sem comando. O Prefeito Sávio Pontes fugiu ao saber que estava sendo procurado pela Polícia para ser preso a mando da Justiça do Ceará.
A Presidente da Câmara Municipal de Ipu, Carmem Pinto, foi igualmente desaparecida da cidade e está em local incerto e não sabido, não não dar posse ao vice-Prefeito.
Até três horas da tarde de ontem, o Juiz de Direito da Comarca do Ipu não havia chegado à cidade, depois de ter viajado de Fortaleza, onde estaria cuidando de pequena enfermidade.
Assim, ficou impossível dar posse ao vice-Prefeito, este um dos poucos políticos até aqui com ficha limpa em Ipu, mas que não pode assumir a viúva porque não tem que faça os procedimentos de posse.
Como hoje já é quarta feira e a cidade está sem autoridade para cuidar de sua vida desde a semana passada, tem gente acreditando que o Desembargador que mandou prender o prefeito e mais 8 parceiros dele, tome uma posição e, ele mesmo, Dr. Darival vá ao Ipu empossar o vice-Prefeito, Dr. Luiz Gonzaga Timbó, médico que foi obrigado a fechar o hospital que preside por desavenças com o prefeito que nunca fez os repasses que a Prefeitura deve, pelos atendimentos.

Postado porpompeumacario

Grifo meu: quem avisou ao fujão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário