quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

DCM: ex-presidentes do Brasil articulam manifesto em defesa da democracia


Segundo o jornalista Kiko Nogueira, "está em curso uma articulação para que os ex-presidentes vivos do Brasil se unam em favor da democracia", depois da notícia de que Jair Bolsonaro convocou para os atos contra o Congresso

26 de fevereiro de 2020, 15:09 h Atualizado em 26 de fevereiro de 2020, 15:39


FHC, Sarney, Dilma, Lula e Collor FHC, Sarney, Dilma, Lula e Collor (Foto: PR)

247 - Os ex-presidentes da República do Brasil estão articulando um manifesto em defesa da democracia para ser lido em conjunto, depois da notícia de que Jair Bolsonaro convocou para os atos contra o Congresso, informa o jornalista Kiko Nogueira, do DCM.

A ideia, diz uma fonte ao site, é juntar José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff para um manifesto conjunto à nação. Os três últimos já se manifestaram sobre a convocação de Bolsonaro

Fonte: .https://www.brasil247.com/poder/dcm-ex-presidentes-do-brasil-articulam-manifesto-em-defesa-da-democracia

Nenhum comentário:

Postar um comentário