sábado, 29 de fevereiro de 2020

Contrariado agora, Bolsonaro votou a favor de orçamento impositivo até o ano passado


Depois do estresse causado por declarações anticongresso, chega a informação de que o próprio jair Bolsonaro apoiou o Orçamento impositivo em 2015 e 2019, fruto da suposta indisposição entre Executivo e Legislativo

29 de fevereiro de 2020, 18:17 h Atualizado em 29 de fevereiro de 2020, 18:47 (Foto: Antonio Cruz - ABR)

247 - Depois do estresse causado por declarações anticongresso, chega a informação de que o próprio Jair Bolsonaro apoiou o orçamento impositivo em 2015 e 2019, fruto da suposta indisposição entre Executivo e Legislativo.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "duas votações no Congresso, que criaram e ampliaram o chamado Orçamento impositivo, em 2015 e 2019, tiveram apoio dos governistas e do próprio presidente Jair Bolsonaro. Em meio a um impasse entre Planalto e Congresso, deputados bolsonaristas têm se posicionado contra um novo aumento no valor de emendas obrigatórias e argumentam que a aprovação tornaria a execução orçamentária dos ministérios impossível."

A matéria ainda informa que "o aumento do Orçamento impositivo foi aprovado no ano passado com apoio do governo Bolsonaro. Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) deu às bancadas estaduais a prerrogativa de indicar emendas obrigatórias. A proposta teve voto favorável da maioria da bancada do PSL."

Fonte: https://www.brasil247.com/regionais/brasilia/contrariado-agora-bolsonaro-votou-a-favor-de-orcamento-impositivo-ate-o-ano-passado

Nenhum comentário:

Postar um comentário