segunda-feira, 24 de julho de 2017

Temer intensifica ações para tentar barrar denúncia na Câmara

 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

247 - Michel Temer está intensificando as negociações para se manter no poder e barrar o andamento da denúncia de corrupção feita pela Procuradoria-Geral da República.

Às vésperas da votação da denúncia no plenário da Câmara dos Deputados, líderes aliados e ministros farão uma reunião nesta semana com o objetivo de contabilizar o apoio obtido para impedir que o processo seja encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A votação do parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que sugere a rejeição da denúncia da Procuradoria-Geral da Pública (PGR) de corrupção passiva contra Temer, está marcada para 2 de agosto. Para dar prosseguimento ao processo, a oposição terá que reunir 342 votos. No entanto, segundo apurou o Valor, o balanço de auxiliares de Temer indica que pelo menos 266 parlamentares sinalizavam votar pelo arquivamento da denúncia. Ainda nas contas do governo, a oposição tem cerca de 170 votos garantidos.

De acordo com o deputado Beto Mansur (PRB-SP), que participará do encontro, também estarão presentes na reunião os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Antônio Imbassahy (Secretaria do Governo), além de alguns líderes de partidos da base aliada.

O aliado de Temer disse ainda que o PSDB e o PSB estão recebendo atenção especial na ofensiva.

As informações são de reportagem de Marcelo Ribeiro no Valor.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/307887/Temer-intensifica-a%C3%A7%C3%B5es-para-tentar-barrar-den%C3%BAncia-na-C%C3%A2mara.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário