segunda-feira, 3 de julho de 2017

‘É salve-se Temer e dane-se o povo?’, questiona senador


Bahia 247 - Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar defendeu o afastamento de Michel Temer da presidência da República, o que depende dos 513 deputados federais, por meio da denúncia oferecida pela Procuradoria Geral da República por corrupção passiva.

"O presidente acha que aprovando a reforma trabalhista ele se livra dos processos que está tendo com a Justiça. Não vai se livrar. Se houver uma análise, dentro da legislação, do que é crime cometido, ele vai ser afastado", disse Otto à rádio Metrópole nesta segunda-feira (3). Para o o senador baiano, Temer perdeu a oportunidade de convocar eleições diretas "e sair pela porta da frente do Planalto".

"Não vi nenhum sentimento de patriotismo com o Brasil. Nem com Dilma, muito menos com Temer. Porque Dilma quando viu que tinha minoria no Congresso, se pensasse no Brasil, ela poderia chamar eleições diretas naquele momento. Se você olha seu país indo para uma situação de inflação, perda de credibilidade, vai pensar em si? Temer teve a oportunidade, mas ele não tem, nem vai ter a grandeza"

Otto Alencar afirmou ainda que se a Câmara for conivente com Temer, será penalizada pelo eleitor. "É salve-se Temer e dane-se o povo? Se os deputados quiserem isso, serão penalizados em 2018. Temer quer se salvar, manter o foro privilegiado para não ir para o juiz Sérgio Moro. É o risco lá. Ele não quer ir pro Moro".

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/304388/%E2%80%98%C3%89-salve-se-Temer-e-dane-se-o-povo%E2%80%99-questiona-senador.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário