terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Campanha alerta para prevenção

“Prevenir para não remediar”. O ditado popular resume bem o mote da luta contra a Aids. O avanço da doença entre idosos, adultos, jovens e mulheres preocupa as autoridades públicas de saúde do Brasil que buscam na prevenção, única saída possível para a diminuição de 600 mil casos confirmados e manifestados da enfermidade no País. Em Fortaleza, segundo dados de novembro passado da Secretaria Municipal de Saúde, são 5.310 casos.O diagnóstico precoce e o uso de preservativos são desafios para os próximos anos no País no combate da doença.(DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário