quarta-feira, 19 de abril de 2017

DEFESA APRESENTA PROVAS DE QUE TRIPLEX NÃO É DE LULA, MAS DA OAS

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula, apresentou em coletiva de imprensa nesta quarta-feira 19 documentos que comprovam que Lula não seria o dono do tríplex do Guarujá, no litoral de São Paulo, como afirma o Ministério Público Federal, mas sim a empreiteira OAS, de Leo Pinheiro.
O advogado também negou acusações do engenheiro civil da Odebrecht Emyr Diniz Costa, responsável pela reforma no sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, de que o local pertence a Lula.
"O que houve foi um espetáculo feito na mídia pelas autoridades, vazando documentos e informações, mas nós sempre mostramos que este sítio não é do presidente Lula e não existe nenhuma acusação formal contra ele em relação a esse sítio", destacou Cristiano Zanin Martins.
Nos documentos apresentados pelo advogado de Lula, há papéis referentes ao plano de recuperação judicial da OAS, onde, em setembro de 2015, a empreiteira incluiu em seus ativos o apartamento 164-A, do edifício Solaris, no Guarujá, que seria de Lula.
Segundo a defesa, os documentos, que comprovam que o apartamento "jamais foi dado ao ex-presidente", serão anexados ao processo. Nesta quarta-feira, a juíza de São Paulo Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira arquivou a ação penal e absolveu 12 réus no caso, entre eles Leo Pinheiro e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.
"Quando apresentou uma coletiva com um famoso Power Point, acusando Lula de ter recebido da OAS um apartamento no Guarujá por 3 contratos na Petrobras, o procurador Roberson Pozzobon disse que não se poderia esperar 'provas cabais' de que Lula seria o dono do imóvel. Pois bem, hoje os advogados de Lula apresentaram a imprensa um Power Point com provas cabais de que o apartamento não é de Lula", diz texto publicado pela equipe de Lula, que divulga a íntegra da apresentação (confira aqui).
O empresário Leo Pinheiro vai testemunhar sobre o caso nesta quinta-feira 20 ao juiz Sergio Moro. Na próxima semana, serão tomados os depoimentos de executivos da OAS e do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto. O ex-presidente Lula será ouvido no dia 3 de maio.
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/291273/Defesa-apresenta-provas-de-que-triplex-n%C3%A3o-%C3%A9-de-Lula-mas-da-OAS.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário