sexta-feira, 28 de abril de 2017

GREVISTAS SÃO HERÓIS DA RESISTÊNCIA, DIZ ADVOGADO

Foto: Lucas Calisto Por Ricardo Franco
É interessante ver como amigos que se auto intitulam "empresários" (mas passam a maior parte do tempo em viagens de ócio) têm a pachorra de chamar de vagabundos a trabalhadores.
Esquecem-se que seus pais conseguiram a muito custo tentar dar aos mesmos uma educação e criação (que os filhos, aliás, jogaram no lixo) pelo suor de seu trabalho.
Esquecem-se que seus pais eram explorados e que chegavam tarde em casa pois tinham trabalho e muitas vezes horas extras sem pagar.
Esquecem-se que a greve é um DIREITO CONSTITUCIONAL e não um privilégio.
Esquecem-se de onde vieram, sem saber para onde vão.
Esquecem-se que também tem filhos, e que xingar de vagabundos aos demais não parece ser um exemplo a ser seguido.
Esquecem-se de seu passado, de seus ancestrais que sofreram muito para que eles, hoje, que vivem bem sem precisar trabalhar praticamente nada (alguns nada mesmo).
Esquecem-se de que revogar uma lei antiga apenas pelo fato de ser "velha" nem sempre é necesário ou recomendável (você revogaria a lei áurea?).
Esquecem-se porque nunca deram valor de verdade ao trabalho, nem de seus pais, nem de ninguém. Simplesmente é um conceito demasiado abstrato para eles.
Afinal, se apenas "vagabundos" são grevistas, seguramente não irão reclamar de nada, pois vagabundos não fazem nada e não teriam como parar um país. Apenas TRABALHADORES conseguiriam fazê-lo.
Não desenharei, como estão acostumados. Afinal, se são tão trabalhadores, saberão suar para compreender. Se não compreendem, quem sabe sua adjetivação possa servir-lhes de algo, como uma nova auto intitulação?
São covardes, apenas covardes, que preferem xingar os que exercem seus direitos. São mais, são fascistas, e se fossem os responsáveis pelas execuções em um estado ditatorial, seguramente o fariam sem pestanejar, e com um sorriso no canto da boca,
De nossa parte, não os esqueceremos. É bom saber quem são. Na verdade tanto nós como eles sabemos como eles pensam. E no que sentem prazer, sentimos indignação. E é esta indignação que fomentará, sempre, que nós estejamos do lado certo da história e eles onde sempre estiveram.
_________________________
Ricardo Franco
Abogado
Calle Gordón Ordás, 8, 4D
CP 24008 - León
Tel. 637154921
Abogado junto a la Corte Penal Internacional
Oficinas propias en España - Estados Unidos de América - Brasil
Oficinas Asociadas en Reino Unido - Cuba - Argentina - Italia - Alemania - México
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/292704/Grevistas-s%C3%A3o-her%C3%B3is-da-resist%C3%AAncia-diz-advogado.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário