quarta-feira, 9 de março de 2016

SINDICATO DOS ADVOGADOS VAI AO CNJ CONTRA MORO

: 9 DE MARÇO DE 2016 ÀS 16:27
247 - O Sindicato dos Advogados do Estado de São Paulo anunciou que irá denunciar o juiz federal do paraná Sérgio Moro junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que seja aberto um pedido de apuração da conduta do magistrado não decorrer da Operação Lava Jato. Pedido foi feit pelo advogado Roberto Teixeira, que atua na defesa do ex-presidente Liz Inácio Lula da Silva.
Teixeira procurou a direção do sindicato para afirmar que suas prerrogativas profissionais estão sendo violadas. Segundo ele, Moro tenta envolver sua atuação profissional nos fatos investigados pela Operação Lava Jato.
Como exemplo disso, Teixeira cita que o mandado de condução coercitiva expedido por Moro refere-se a ele como uma pessoa "notoriamente próxima" do ex-presidente, além de afirmar que ele teria intermediado a captação de assinaturas para a compra do sítio utilizado por Lula e seus familiares em Atibaia (SP). Segundo ele, os "fatos demonstram apenas o exercício da advocacia".
Segundo o presidente do Sindicato dos Advogados de São Paulo, Aldimar Assis, "Ele [Roberto Teixeira], de certa maneira, está sendo intimidado e nos pediu para tomar providências". "Agora vai ser apurado. E o juiz que esclareça o que ele está fazendo", completou
http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/220387/Sindicato-dos-advogados-vai-ao-CNJ-contra-Moro.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário