quarta-feira, 23 de março de 2016

Aécio tenta provar que seu golpe não é um golpe


George Gianni: Senador mineiro, que tumultua o País desde o dia em que perdeu as eleições presidenciais, emite nota para tentar negar suas atitudes golpistas; "A presidente inverte o jogo. Acusa a todos nós e ao país, aos milhões e milhões de brasileiros que foram às ruas indignados com tudo o que vem acontecendo a tramar um golpe. Não, o golpe quem deu aos brasileiros foi a presidente da República ao mentir durante a campanha eleitoral, ao deixar de tomar medidas absolutamente necessárias para o Brasil retomar a rota do crescimento. Infelizmente, a presidente da República perdeu as condições de governar o Brasil. O Brasil não está prestes a sofrer um golpe. Na verdade, o Brasil está mais uma vez cumprindo a Constituição", afirmou o tucano; o golpe, no entanto, vem sendo repudiado por juristas, professores, artistas, estudantes, intelectuais e vários governadores
23 de Março de 2016 às 19:23
247 - O senador Aécio Neves, presidente do PSDB, negou que o Brasil seja alvo de um golpe. "O país não está prestes a sofrer um golpe. Na verdade, o Brasil está mais uma vez cumprindo a Constituição", afirmou ele, ao rebater as declarações dadas pelo presidente Dilma Rousseff. Segundo o tucano, o Congresso cumpre um dever constitucional ao examinar as acusações feitas contra ela.
"Vejo uma presidente nas cordas. Uma presidente que não se esforça para apresentar justificativas e respostas às acusações que lhe são imputadas na peça de impeachment. Essa seria a forma adequada. Essa seria a forma responsável com que se espera aja um presidente da República. Há acusações, responde-se as acusações. A presidente inverte o jogo. Acusa a todos nós e ao país, aos milhões e milhões de brasileiros que foram às ruas indignados com tudo o que vem acontecendo a tramar um golpe. Não, o golpe quem deu aos brasileiros foi a presidente da República ao mentir durante a campanha eleitoral, ao deixar de tomar medidas absolutamente necessárias para o Brasil retomar a rota do crescimento. Infelizmente, a presidente da República perdeu as condições de governar o Brasil. Vamos aguardar, que respeitado o amplo direito de defesa, com serenidade, mas respeitando as regras democráticas que, na Câmara dos Deputados e depois no Senado, ela possa se defender. E a voz da maioria é que deve prevalecer. O Brasil não está prestes a sofrer um golpe. Na verdade, o Brasil está mais uma vez cumprindo a Constituição", afirmou Aécio Neves.
http://www.brasil247.com/pt/247/poder/222443/Aécio-tenta-provar-que-seu-golpe-não-é-um-golpe.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário