quinta-feira, 10 de março de 2016

Líder do PT: delação de Odebrecht não causa temor

: <p>Dep. Afonso Florence no plenário</p>
10 de Março de 2016 às 09:42
Bahia 247 - O líder do PT na Câmara dos Deputados, Afonso Florence (BA), diz que o governo "não faz conjecturas no campo das suposições" sobre a possível delação premiada que promete fazer o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, que está preso desde junho último e foi condenado a 19 anos e 4 meses de reclusão em decorrência das investigações da Operação Lava Jato.
Florence afirma que o PT não teme uma eventual delação de Odebrecht, e que o partido não tem "um posicionamento específico sobre delações", mas há uma defesa constante de que as investigações sigam até o final. "Não temos temor. Se vai atingir petistas, não necessariamente atingirá o PT", diz o deputado baiano.
Nos bastidores, especulações dão conta de que a possível delação do empreiteiro baiano deverá pegar em cheio partidos como PT, PMDB e até o PSDB, por causa das doações para campanhas eleitorais. Odebrecht daria detalhes do caminho que o dinheiro percorreu em contas no exterior até os caixas eleitorais dos partidos. O empresário teria dito que sua delação faria 'a república desmoronar'.
Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, reforçou o discurso de Florence para que o esquema continue a ser investigado pela Lava Jato, mas frisou que o partido não possui irregularidades em seus relatórios financeiros de campanha.
"Toda a nossa relação de doações de campanha foi apresentada nos tribunais. Tanto a prestação de contas do partido como as dos nossos candidatos. A mesma Odebrecht que financiou a campanha de Lula financiou o DEM, PSDB, PMDB. E nós reafirmamos, não temos nada contra a investigação", argumenta Everaldo.
http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/220468/Líder-do-PT-delação-de-Odebrecht-não-causa-temor.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário