quinta-feira, 12 de março de 2015

Doação privada é a raiz dos escândalos

 

:

"É o que o companheiro Tarcísio Motta sempre diz: 'quem paga a orquestra, escolhe a música'. E a sociedade é quem dança. Por isso, precisamos de uma Reforma Política que proíba a doação de empresas a políticos e partidos", diz o deputado Marcelo Freixo, do Psol; "O financiamento empresarial está na base dos escândalos de corrupção e da cooptação da democracia por um pequeno grupo de companhias"

11 de Março de 2015 às 23:37

Por Marcelo Freixo, em seu Facebook

“É uma grande falácia afirmar que existe ‘doação de campanha’ no Brasil, quando, na verdade, são verdadeiros empréstimos a serem cobrados posteriormente a juros altos dos beneficiários das contribuições quando no exercício dos cargos”.

Sabe de quem é essa frase? Do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, que conhece bem como funcionam as relações entre o Estado e as empresas financiadoras de campanhas.

É o que o companheiro Tarcísio Motta sempre diz: “quem paga a orquestra, escolhe a música”. E a sociedade é quem dança. Por isso, precisamos de uma Reforma Política que proíba a doação de empresas a políticos e partidos. O financiamento empresarial está na base dos escândalos de corrupção e da cooptação da democracia por um pequeno grupo de companhias.

Não queremos o projeto de Reforma Política defendido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que torna as doações empresariais constitucionais.

Defendemos a proposta da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas. Conheça mais o projeto e ajude a divulgá-lo:goo.gl/yoPK8g

http://www.brasil247.com/pt/247/rio247/172933/Freixo-doação-privada-é-a-raiz-dos-escândalos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário