domingo, 26 de dezembro de 2010

Pedra da andorinha, em Taperuaba, passa a ser Unidade de Conservação da Vida Silvestre

Sobral entra no rol dos municípios que buscam preservar ambientes de grande importância ecológica, criando através do Decreto Municipal nº 1252, uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, do tipo Refúgio de Vida Silvestre, no distrito de Taperuaba, que passar a ser denominada Refúgio de Vida Silvestre Pedra da Andorinha.
A criação da referida área contribui para a promoção das ações voltadas para a preservação do Bioma Caatinga, que recebeu da UNESCO o reconhecimento de Patrimônio da Humanidade e tem o ano de 2010, como o Ano Internacional da Biodiversidade.
IMPORTANTE
A área precisará de uma fiscalização efetiva por parte da população sobralense, principalmente dos distritos circunvizinhos, que poderá fazer denúncias, através dos telefones (88) 3611.2016 - AMMA e 190 – CPMA, sobre possíveis usos em desconformidade com a lei, tais como: pastoreio de animais domésticos (ovelhas, cabras, gado e outros), caça, retirada de madeira, e invasão da propriedade sem a devida permissão

Por: Rubens Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário