segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Aneel veta devolução de reajuste na conta de luz

VALOR ECONÔMICO - O consumidor de energia não terá direito ao que pagou a mais para as distribuidoras de energia elétrica por um erro na metodologia do cálculo do reajuste das contas de luz. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) desautorizou ontem a devolução desse dinheiro. Estima-se que foram R$ 7 bilhões pagos a mais, entre 2002 e 2009.

O Tribunal de Contas da União (TCU) detectou o tamanho da distorção existente e a Aneel reconheceu o erro, corrigindo a metodologia nos contratos de 2010 adiante. No entanto, a agência avaliou, em nota divulgada ontem, que não há "amparo jurídico" para pagamentos retroativos e que a medida provocaria "instabilidade regulatória ao setor elétrico".

A agência reguladora já havia dado sinais de que não haveria ressarcimento aos consumidores, por acreditar que não houve um erro, já que o regulamento em vigor foi cumprido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário