terça-feira, 7 de julho de 2015

POLÍCIA FEDERAL NÃO É QUARTO PODER

 

:

Deputado Carlos Zarattini (PT-SP) reagiu à declaração do chefe da PF, Leandro Daiello, de que as investigações da Operação Lava Jato irão continuar, com "o ministro José Eduardo Cardozo na Justiça ou não": “Eu não gostei. Esse diretor da Polícia Federal acha que ali é um quarto poder, que não tem que se submeter a quem foi eleito, a quem tem voto. Até os ministros do Supremo (Tribuna Federal) são indicados pela presidente da República e referendados pelo Senado”

7 DE JULHO DE 2015 ÀS 06:57

247 – A bancada do PT na Câmara reagiu à entrevista do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, publicada anteontem em “O Estado de S.Paulo”.

Ele afirmou que as investigações da Operação Lava Jato irão continuar, com "o ministro José Eduardo Cardozo na Justiça ou não": "A PF é uma instituição sólida, temos uma estrutura que se consolidou nos últimos anos, e uma cultura de polícia legalista”.

“Eu não gostei. Esse diretor da Polícia Federal acha que ali é um quarto poder, que não tem que se submeter a quem foi eleito, a quem tem voto. Até os ministros do Supremo (Tribuna Federal) são indicados pela presidente da República e referendados pelo Senado”, disse o deputado Carlos Zarattini (PT-SP).

http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/187849/Zarattini-Pol%C3%ADcia-Federal-n%C3%A3o-%C3%A9-quarto-poder.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário