sábado, 18 de julho de 2015

‘Pau mandado’ de Cunha se defende

 

Do Globo:

Um dia após o doleiro Alberto Youssef afirmar, em depoimento à Justiça Federal de Curitiba, que está sendo intimidado na CPI da Petrobras por um “deputado pau mandado de Eduardo Cunha”, o parlamentar Celso Pansera (PMDB-RJ) reagiu dizendo, nesta sexta-feira, que está apenas cumprindo seu papel de integrante da CPI. Nos últimos meses, Pansera solicitou duas vezes à CPI a quebra de sigilo bancário da ex-mulher e de duas filhas do doleiro. Os pedidos foram interpretados como uma forma de intimidação pelos advogados que defendem Youssef.

— Não sou pau mandado de ninguém. Não devo favor nenhum a Eduardo Cunha. Ele é líder do partido, presidente da Câmara, mas fui eleito como resultado do meu trabalho. Fazer os requerimentos à CPI foi uma decisão minha. E só fiz isso porque foi o próprio Youssef quem falou dos patrimônios das filhas na delação dele — afirmou Pansera ao GLOBO.

Em depoimento ao juiz Sérgio Moro nesta quinta-feira, Youssef afirmou que suas filhas e a ex-esposa estavam sofrendo initmidação na CPI. Sem citar nomes, disse que as ameaças viriam de “um deputado pau mandado de Eduardo Cunha”. Na delação, o doleiro afirmou que Cunha também se beneficiava do esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava-Jato.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/pau-mandado-de-cunha-se-defende/

Nenhum comentário:

Postar um comentário