domingo, 19 de julho de 2015

Lava Jato identifica lobista que atuaria pelo PMDB há 30 anos

 

:

Jorge Luz é apontado como o principal operador de propinas na diretoria Internacional da Petrobras, que atuaria em contratos a mando de dirigentes do PMDB ao menos desde 1986; ele seria o mentor do também lobista Fernando Soares, o "Fernando Baiano" e aparece vinculado aos presidentes da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), de acordo com investigadores

16 de Julho de 2015 às 07:34

247 – Investigadores da Lava Jato acreditam ter identificado o lobista Jorge Luz como o principal operador de propinas na diretoria de Internacional da Petrobras, que atuaria em contratos a mando de dirigentes do PMDB ao menos desde 1986.

Ele é apontado como o mentor do também lobista Fernando Soares, o "Fernando Baiano" e aparece vinculado aos presidentes da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), de acordo com a operação.

Baiano é réu por corrupção e lavagem de dinheiro, ao lado do ex-diretor Nestor Cerveró, por recebimento de propinas de US$ 40 milhões envolvendo o fretamento de dois navios sonda. Eles estão presos.

Luz disporia de contas bancárias no exterior que teriam sido abertas em Liechtenstein, Suíça e Panamá.

Leia aqui reportagem de André Guilherme Vieira sobre o assunto.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/189095/Lava-Jato-identifica-lobista-que-atuaria-pelo-PMDB-h%C3%A1-30-anos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário