terça-feira, 7 de julho de 2015

PARA EX-PRESIDENTE DO STF, 'NÃO HÁ PERIGO DE GOLPE'

 

:

"Ninguém está blindado contra qualquer tipo de investigação. Eu não vejo perigo de golpe se as instituições controladoras do poder, o Ministério Público, a própria cidadania, o TCU, se todas essas instituições atuarem nos limites da Constituição, não há que se falar em golpe", disse o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral Carlos Ayres Britto, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura; em referência às apurações do TCU (Tribunal de Contas da União), sobre as pedalas fiscais, e do TSE, em ação movida pelo PSDB por crime na campanha, ele diz que, "pelo andar da carruagem, a situação não está boa em nenhuma das duas instâncias" para a presidente 

7 DE JULHO DE 2015 ÀS 05:16

247 - Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral Carlos Ayres Britto afirmou nesta segunda-feira, 6, não ver “perigo de golpe” contra a presidente Dilma Rousseff:

"Ninguém está blindado contra qualquer tipo de investigação. Eu não vejo perigo de golpe se as instituições controladoras do poder, o Ministério Público, a própria cidadania, o TCU, se todas essas instituições atuarem nos limites da Constituição, não há que se falar em golpe", disse.

Em referência às apurações do TCU (Tribunal de Contas da União), sobre as pedalas fiscais, e do TSE, em ação movida pelo PSDB por crime na campanha, ele diz que a situação de Dilma "não está boa": "Pelo andar da carruagem, a situação não está boa em nenhuma das duas instâncias".

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/187838/Para-ex-presidente-do-STF-'n%C3%A3o-h%C3%A1-perigo-de-golpe'.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário