sexta-feira, 14 de abril de 2017

EMÍLIO DIZ QUE DEU AJUDA DE “CAIXA OFICIAL E NÃO OFICIAL” A FHC

247 - Em depoimento à Procuradoria Geral da República, o empresário Emílio Odebrecht afirmou que deu ajuda “de caixa oficial e não oficial” às campanhas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), nas eleições presidenciais de 1994 e 1998.
“Não tenho dúvida que teve alguma coisa de caixa dois e de caixa oficial. Se ele [FHC] soube ou não, eu acho até que não deve ter sabido. Eu não sabia desses detalhes”, disse o empresário, em depoimento. As doações, segundo ele, eram discutidas por pessoas que ambos indicavam.
As informações são de reportagem do Valor.
"Emílio Odebrecht disse que FHC nunca falou em valores, mas pediu diretamente contribuição para a campanha de 1994. 'Ele pediu: ‘Emílio, você pode me ajudar no programa da campanha?’ Isso ele pediu'.
O empresário afirmou ainda que contribuiu quando FHC concorreu ao Senado. 'Sem dúvida, eu ajudei ele quando foi senador. Mas a mesma coisa. Ele... Vocês conhecem a figura?', diz, com um sorriso, durante o depoimento. 'Então, ele jamais iria falar comigo alguma coisa de valor, não fala'.
Questionado se FHC tinha indicado alguém para negociar as doações, respondeu: 'Ah, indicou', mas ressaltou que não se lembra exatamente de quem foi. 'Eu acho, mas como eu não tenho certeza, eu não gostaria [de dizer o nome da pessoa indicada], porque a pessoa é falecida.'"
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/290361/Em%C3%ADlio-diz-que-deu-ajuda-de-%E2%80%9Ccaixa-oficial-e-n%C3%A3o-oficial%E2%80%9D-a-FHC.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário