terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

O QUE O PSDB NÃO EXPLICA E A MÍDIA NÃO DESTACA

Foto de Lindbergh Farias.
Lindbergh FariasCurtir Página
Fernando Capez, procurador de justiça e promotor licenciado do
Ministério Público Estadual de São Paulo, hoje deputado estadual pelo PSDB, é o presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. O deputado é acusado de receber propina de 10% no escândalo das merendas do governo Alckmin, do PSDB.
O procurador geral de SP, Marcio Elias Rosa, é o responsável legal pela investigação dos fortes indícios de corrupção que envolvem o governo e o deputado. Marcio Elias tem como assessora Valéria Capez, que vem a ser a esposa do presidente da ALESP.
A esposa do procurador, Maria Rossa Elias Rosa, atua na consultoria jurídica da Secretaria de Governo, ligada à Casa Civil. Mais próxima do governador Alckmin, só se Maria Rossa o assessorasse diretamente.
O procurador Marcio Elias também é cunhado de Rogério Auad Palermo, ex-assessor técnico do Tribunal de Contas do Estado, responsável por analisar as contas do governo - o que envolve analisar os contratos de compra de merenda escolar.
O Ministério Público de SP, onde Capez fez carreira, atualmente investiga o escândalo da merenda. É o mesmo MP onde trabalha o promotor Cássio Conserino, aquele que anunciou pela Revista Veja ter provas para denunciar o presidente Lula e sua esposa, Marisa, violando a lei e o bom senso, já que a denúncia alardeada na imprensa até hoje não existe. A mais recente façanha do promotor Conserino é intimar Lula e Marisa a depor numa investigação onde o ex-presidente da República é acusado de ocultar um imóvel que - pasmem - não lhe pertence.
Enquanto isso, o trensalão tucano, escândalo de proporções internacionais que cita o envolvimento de nove grupos empresariais em uma suposta formação de cartel em contratos da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), firmados em outubro e novembro de 2007 (governo José Serra, do PSDB) e com aditamentos em 2011 e 2012 (governo Geraldo Alckmin, PSDB), segue sem conclusão.
Tirem suas próprias conclusões dessa imensa teia de relações políticas e pessoais.
http://jornalggn.com.br/…/capez-sera-investigado-por-procur…
(charge: Aroeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário