segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

MEC antecipa divulgação de lista de aprovados no ProUni

 

O Ministério da Educação (MEC) antecipou o resultado do processo seletivo do Programa Universidade para Todos (ProUni). A lista com o nome dos estudantes selecionados, inicialmente prevista para ontem, foi disponibilizada sexta-feira (20) no site do programa. O ProUni bateu este ano o recorde de inscrições: 1.208.398 candidatos. Segundo o MEC, foram oferecidas 195 mil bolsas, sendo 98 mil integrais e 96 mil parciais, que custeiam 50% da mensalidade.

Para o deputado Arthur Bruno (PT-CE), segundo vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara, este é o programa de maior sucesso do governo federal. “O ProUni é um sistema que democratiza o acesso ao ensino privado superior e, na maioria dos casos, é a única oportunidade para que estudantes pobres de escolas públicas estudem em bons cursos de universidade particulares. Por isso, pesquisam demonstram que esse é o programa de maior aceitação do governo federal”, afirmou Arthur Bruno.

De acordo com o parlamentar, além do ProUni, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) também é fundamental para o sucesso do programa, pois é ele que permite, a todos os estudantes, o ingresso no ensino superior, segundo a nota obtida no exame. Outro ponto positivo, de acordo com Arthur Bruno, é que “ao servir de instrumento de acesso ao ensino superior, o Enem acaba incentivando os alunos a melhorarem suas notas, com reflexos no aprendizado futuro desses estudantes”, explicou.

Com o número recorde de inscritos, a concorrência ficou em seis candidatos por vaga. As bolsas integrais são destinadas àqueles com renda familiar per capita mensal de até 1,5 salários mínimo. Já o benefício parcial pode ser pleiteado por quem tem renda familiar per capita de até três salários mínimos.

No total, o sistema recebeu 2.323.546 inscrições. Cada estudante pode escolher até dois cursos, indicando sua prioridade. Para participar do ProUni, é necessário ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou ter estudado em colégio particular com bolsa integral. Também é necessário ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 e alcançado pelo menos 400 pontos na média das provas objetivas e não ter zerado a redação.

São Paulo foi o estado com o maior número de inscritos: 211 mil. Em seguida, vêm Minas Gerais, com 151 mil; Bahia, com 92 mil; Rio Grande do Sul, com 82 mil; e Rio de Janeiro, com 73 mil.

Matrícula – Os estudantes que forem selecionados para o programa deverão comparecer à instituição de ensino onde conseguiram a bolsa no período de 23 de janeiro a 1° de fevereiro para apresentar a documentação necessária e providenciar a matrícula.

Após esse processo de confirmação, será divulgada a segunda chamada no dia 7 de fevereiro. Ao fim das duas chamadas, o sistema vai gerar uma lista de espera para preencher as bolsas remanescentes. Os interessados em participar dessa lista deverão fazer o pedido no próprio site do ProUni (http://siteprouni.mec.gov.br/) entre 22 e 24 de fevereiro.

Fonte: www.ptnacamara.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário