quarta-feira, 11 de abril de 2018

MPF: Yunes, o de "reputação ilibada", é um distribuidor de propina

Sem Título-1.jpg

O distribuidor e o distribuído (Crédito: Z. Fraissat/Folhapress)

Do Globo Overseas:

O Ministério Público Federal afirmou que José Yunes , ex-assessor e amigo do presidente Michel Temer, "advogado de reputação aparentemente ilibada" e "acima de qualquer suspeita", era "recebedor e distribuidor de propina" da organização criminosa formada por políticos do PMDB e liderada por Temer, segundo os investigadores.

No aditamento da denúncia, que incluiu o nome dos amigos de Temer, Yunes e o coronel João Baptista Lima, sob acusação de integrar o esquema do chamado "quadrilhão do PMDB", os procuradores destacam o papel do advogado que repassou dinheiro em espécie para o doleiro Lúcio Bolonha Funaro, um dos operadores financeiros do PMDB. O advogado e o coronel negam as acusações.

Em sua delação premiada, Funaro relatou que buscou uma caixa com R$ 1 milhão no escritório de Yunes, ex-assessor especial e amigo íntimo do presidente Michel Temer. O GLOBO revelou nesta terça-feira que ele entregou novos documentos para provar esse repaasse.

Segundo Funaro, o dinheiro pertenceria a Temer a partir de um acordo de caixa dois feito com a Odebrecht. A quantia foi remetida para o ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), em Salvador. O operador contou que o acerto do pagamento com a empresa foi feito por Temer e pelo ministro Eliseu Padilha.

(...)

Conteúdo relacionado
Doleiro entuba Temer, Moreira e Eliseu

registrado em: MPF Michel Temer Eliseu Padilha Geddel Vieira Lima Golpe MDB José Yunes Coronel Lima Corrupção

Fonte: https://www.conversaafiada.com.br/economia/mpf-yunes-o-de-reputacao-ilibada-e-um-distribuidor-de-propina

Nenhum comentário:

Postar um comentário