sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Delator recebeu R$ 16 milhões da Camargo Corrêa

 

:

Empresário Júlio Camargo, que repassava propina a partidos e políticos, não prestou serviços apenas à Toyo Setal, como havia dito inicialmente; ele recebeu da empreiteira Camargo Corrêa em 2012 a quantia de R$ 16,8 milhões em três parcelas, o dobro que havia recebido da Toyo; a mesma conta bancária foi usada para enviar a propina para o exterior

26 de Dezembro de 2014 às 07:16

247 – O empresário Júlio Camargo, que recebeu R$ 7,4 milhões em propina do consórcio TUC, formado pelas empresas Toyo Setal, Odebrecht e UTC, recebeu o dobro do valor da empreiteira Camargo Corrêa, informa reportagem do Globo desta sexta-feira 26.

Ele fechou acordo de delação premiada com a Justiça inicialmente pelos valores recebidos pela Toyo Setal, à qual, segundo a própria empresa, prestava serviços de consultoria e por isso atuava também com outras empresas.

Ele recebeu R$ 16,8 milhões da Camargo Corrêa, em três parcelas, entre julho e setembro de 2012. A mesma conta que recebeu o dinheiro foi usada para mandar a propina para o exterior.

Camargo é dono de três empresas usadas, de acordo com a investigação Lava Jato, para repassar propinas e depositar dinheiro a partidos e políticos. No acordo de delação premiada, ele se comprometeu a pagar R$ 40 milhões em multa.

Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário