terça-feira, 20 de janeiro de 2009

“Secretário de Cultura do município de Sobral, fala ao jornal A FOLHA.

A FOLHA: Dr. Juan Edson Oliveira, como o Sr. viu o seu nome indicado para a Secretaria da Cultura?

Dr. Juan: Bom eu fui convidado pelo Sr. Prefeito, para Secretario de Cultura no dia 24 de dezembro, o que já não foi uma surpresa, embora que seria uma coisa improvável, não. Eu fui Coordenador de Cultura, da Secretaria de Cultura de Sobral, quando ela foi criada em 1997 até 1999, tenho militância na área cultural, então era uma improbabilidade. Trabalho no serviço público, diretor da Escola do Magistério de Sobral de 2006 até 2008, então assim me senti honrado com o convite, sei que não é uma responsabilidade pequena, a Secretaria de Cultura de Sobral, adquiriu uma projeção fora do nosso estado, uma projeção muito grande, então é uma responsabilidade muito grande, em ser Secretário de Cultura do Porte de Sobral, com todo desenvolvimento que Sobral adquiriu nos últimos doze anos especificamente, mas encaro isso aqui como uma tarefa do serviço público, disposto a dar minha contribuição no mandato do prefeito Leônidas Cristino.

A FOLHA: Dr. nós temos observado que os grandes eventos de nossa tradição, estão passando sem a comemoração devida, como “o Dia de Reis”, “Bumba meu Boi”, mas o carnaval em si, o que nós temos como tradicional são as escolas de samba, que recebemos um grande número de pessoas, e chama realmente a atenção, e o carnaval tá em cima e até agora nenhuma reunião não foi feita? Será devido à transição do cargo, ainda não houve tempo?

A Juan: Primeiro você já respondeu parte da pergunta Lincoln, de fato a transição, assumi a secretária no dia 1º de janeiro, sem tempo nem de me inteirar das coisas, de saber como eram as coisas aqui. Em relação ao Boi do Reisado, nós fizemos uma reunião com os grupos, lançamos edital, temos mais de cento e vinte grupos de reisados inscritos para fazer direito ao incentivo, o que é um número muito alto. Nomeamos uma de fora de Sobral, para não ter problemas de ligação com os grupos. Amanhã (dia 20/01/08), essa comissão vai nos dar o resultado da triagem e já encaminhamos aí o pedido e o prefeito já autorizou o orçamento do reisado, nós vamos dar R$ 1200,00 aos grupos adultos e R$ 600,00 aos infantis. Então no decorrer dessa semana nós teremos tudo isso resolvido, e estamos trabalhando no projeto do carnaval. Não fizemos nenhuma reunião com os grupos ainda, porque não podemos apenas fazer uma reunião, sem ter ainda o que dizer. Nós vamos chamar as escolas de samba, quando fechamos o orçamento, e quando conversarmos com o prefeito vermos a primeira proposta, e aí sim, isso deverá acontecer no decorrer da próxima semana. Tá atrasado, tá é verdade, nós estamos em cima do carnaval, agora a razão é essa que você falou a transição de cargo, então nós vamos partir do zero em conversa com as escolas de samba para organização do carnaval. Mas o carnaval vai acontecer, as escolas vão desfilar, vão receber incentivos, a premiação como ocorre todos os anos. As escolas podem ficar tranqüilas, conheço a maioria dos presidentes das escolas, eles me conhecem.
Ajudei a organizar como coordenador de cultura, o desfile de 1998, 1999, fui jurado do carnaval em outras ocasiões.

A FOLHA: A preocupação maior se dá pela gravação dos CDs com os sambas enredos, que já estão prontos, mas não se tem a autorização nem da Casa da Cultura, nem da própria prefeitura. Isso em outros épocas, em dezembro já estavam prontos. Outra questão é quanto o local dos desfiles. Ainda será na Dr. Guarany?

Dr. Juan: A historia do CD eu já posso adiantar, vou conversar com o pessoal, isso é uma coisa que a gente já pode adiantar, antes mesmo com a conversa com o prefeito. Agora quanto ao local, não sei, não tenho como te responder ainda Lincoln, isso tenho que conversar com o prefeito, com as pessoas da própria secretaria e com as escolas para discutir isso.

A FOLHA: Bom fica então o pessoal das escolas intimado para conversar com o secretario Juan, para gravação do CD e outras coisas mais com relação ao carnaval 2009. Pela atenção um forte abraço.

Dr. Juan: Um abraço aos que fazem o jornal “A FOLHA” e estou sempre a disposição da imprensa para qualquer esclarecimento.

Por: Lincoln Cavalcante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário