terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Preço do combustível elevado em Sobral

cidade de Sobral compra um dos combustíveis mais caros do Estado quando se comparado com outros municípios da Região Norte. Um litro de gasolina é vendido de R$ 2,69 a R$ 2,89. O álcool varia de R$ 1,89 a R$ 2,15, enquanto que o preço do diesel pode chegar a R$ 2,21. O argumento dos proprietários de postos é o mesmo: o frete encarece o produto. As estradas são ruins para o tráfego e o risco de assalto é constante, além da distância entre a Região Norte do Estado e os principais terminais de distribuição de combustíveis. Os preços são elevados em outras cidades, como Quixadá, Crato e Limoeiro do Norte.

Os proprietários preferem não revelar quanto pagam pelo frete por cada litro de combustível. Um deles diz que a maioria dos vendedores de combustíveis está sacrificada. O exemplo é que alguns deles não conseguem pagar as prestações dos postos: R$ 7 mil por mês.

Além do pouco lucro, a inadimplência é elevada. O distribuidor tem que ter um bom capital de giro. Mas apesar da choradeira, a quantidade de postos cresce. Em Sobral, foram inaugurados mais três recentemente. Mas encontrar o produto por um preço mais barato pode não compensar muito para o consumidor, uma vez que os postos que oferecem o combustível a um preço mais acessível estão fora da área central da cidade.

No bairro Sinhá Sabóia, na entrada da cidade, a gasolina pode ser encontrada por R$ 2,69. O menor praticado até agora. Mas na maioria dos postos não existe diferença de preços. Entre um posto e outro, a gasolina comum custa até R$ 2,89. Se comparado com outras cidades ainda assim é caro. Em Camocim pode-se comprar a gasolina por R$ 2,75, enquanto que no vizinho, em Granja, a gasolina comum é R$ 2,81.

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário