quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Raio mata duas pessoas no Ceará

Mal começou a quadra invernosa no Ceará e as mortes em conseqüência da queda de raios já provocaram a morte de duas pessoas. Os dois casos aconteceram, ontem, no Interior, deixando, entre as vítimas, um adolescente de apenas 16 anos.
O primeiro óbito foi registrado na localidade de Sítio Ramada, na zona rural do Município do Crato, na Região do Cariri (a 540 quilômetros de Fortaleza). A dona-de-casa Eva Inácio Silva Farias, 43 anos, natural de Recife (PE), foi atingida pela descarga elétrica fatal quando se encontrava no quintal da casa de seus pais.Segundo apurou a Polícia, no momento em que o raio caiu não estava chovendo. Eva tentava recolher algumas roupas que estavam no varal, um longo arame que atravessava toda a extensão do quintal, quando foi atingida pela descarga elétrica. Os vizinhos ainda tentaram socorrê-la, mas logo perceberam que Eva já estava morta. A Polícia foi, então, chamada até o local.
Segundo inspetor Mário Gomes, da Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato, a morte de Eva aconteceu no dia em que ela iria retornar para Pernambuco, onde morava.´Foi uma trágica coincidência, ela tinha vindo de Pernambuco passar alguns dias na casa dos pais e o marido havia chegado hoje (ontem) ao Crato para buscá-la”, disse Gomes.

O outro caso fatal aconteceu no Centro da cidade de Catunda, na Zona Norte do Estado (a 273 quilômetros da Capital). A vítima foi o estudante Johnson Wagner Pereira Rodrigues, 16 anos.Por volta de 15h30 de ontem, chovia forte naquele Município e o rapaz estava no quintal de casa, tomando banho próximo de um coqueiro, quando um raio caiu, atingiu a árvore e a descarga se dissipou pela fiação elétrica da residência, atingindo o estudante. Ele teve morte instantânea, segundo informou ao Diário do Nordeste o cabo PM Araújo, subcomandante do destacamento policial de Catunda.
Por Wilson Gomes, com informações do DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário