segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

MORO E GOLPE CONTRA DILMA SÃO ALVO DE PROTESTO EM NY

A palestra do juiz Sergio Moro em Nova York nesta segunda-feira, oferecida pelo empresário Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev, terminou em protesto organizado por estudantes e professores, que avaliam que o responsável pela Lava Jato tem atuado de forma parcial, além de ter contribuído para o golpe parlamentar de 2016; "Estou muito chateada com tudo isso, este evento não tem um debate universitário, representa apenas um lado ", disse Nancy Fraser, professora de Filosofia da New School University; "A New School sempre foi uma escola de esquerda e não entendo porque está organizando um evento tão parcial. Tentamos colocar ao menos um nome para o debate, mas não permitiram. Porém, já conseguimos verba com professores e agora vamos fazer um evento plural", disse Luiza Nassif Pires, que faz PhD em economia na New School; Moro foi também acusado de promover "lawfare", perseguição judicial, contra o ex-presidente Lula
6 DE FEVEREIRO DE 2017 ÀS 14:03 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM Telegram
247 – A palestra do juiz Sergio Moro em Nova York nesta segunda-feira, oferecida pelo empresário Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev, terminou em protesto organizado por estudantes e professores, que avaliam que o responsável pela Lava Jato tem atuado de forma parcial, além de ter contribuído para o golpe parlamentar de 2016. Moro foi também acusado de promover "lawfare", perseguição judicial, contra o ex-presidente Lula.
"Estou muito chateada com tudo isso, este evento não tem um debate universitário, representa apenas um lado ", disse Nancy Fraser, professora de Filosofia da New School University.
"A New School sempre foi uma escola de esquerda e não entendo porque está organizando um evento tão parcial. Tentamos colocar ao menos um nome para o debate, mas não permitiram. Porém, já conseguimos verba com professores e agora vamos fazer um evento plural", disse Luiza Nassif Pires, que faz PhD em economia na New School.
Confira outro vídeo do protesto:
Lemann, que patrocinou o evento em Nova York, já havia criado polêmica antes ao permitir que o movimento Vem pra Rua fosse registrado numa de suas fundações (saiba mais aqui).
Leia mais na reportagem de Henrique Gomes Batista.
http://www.brasil247.com/pt/247/poder/278863/Moro-e-golpe-contra-Dilma-s%C3%A3o-alvo-de-protesto-em-NY.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário