quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Papa pede que fiéis pratiquem castidade, pobreza e obediência

 

 

O papa Bento XVI pediu nesta quinta-feira que os religiosos católicos pratiquem a castidade, a pobreza e a obediência e sigam o exemplo de Cristo. O Pontífice realizou um encontro com cinco mil religiosos, que assistiram na basílica de São Pedro do Vaticano à 16ª Jornada da Vida Consagrada, instituída pela igreja na festividade da Apresentação do Senhor.

O Bispo de Roma disse aos religiosos, liderados pelo arcebispo brasileiro João Braz Aviz, prefeito regional da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, que a jornada pretende valorizar aqueles que elegeram seguir Cristo e largaram seu dia a dia comum, o que é conhecido no catolicismo como vida consagrada, adotada por meio de votos religiosos.

Braz Aviz será nomeado cardeal pelo Papa no dia 18 de fevereiro. Bento XVI disse que seguindo o exemplo de Jesus os religiosos devem aceitar a castidade, a pobreza e a obediência "como autêntica regra de vida, reforçando a fé, a esperança e a caridade que os unem a Deus".

EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário