segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

“A democracia não pode conviver com tanto autoritarismo tucano em SP”, diz Emiliano

 

O deputado Emiliano José (PT-BA) criticou duramente na sexta-feira (3) a onda autoritária que está varrendo o estado de São Paulo, sob o comando do governador tucano Geraldo Alckmin. Em artigo publicado no site Carta Maior (www.cartamaior.com.br) , o parlamentar alerta: “não é possível assistir passivamente a tanta violência, desrespeito aos direitos humanos, ao Estado de Direito, que sempre pressupõe diálogo; a democracia não pode conviver com tanto autoritarismo”.

Emiliano citou como exemplo o ataque de tropas da Polícia Militar e de contingentes da Guarda Municipal contra a comunidade de Pinheirinho, em São José dos Campos, “para salvaguardar os interesses do conhecido especulador Naji Nahas”. Apontou também a repressão a estudantes da USP e aos viciados em crack no centro de São Paulo. Emiliano lembrou que há muito tempo o PSDB desacostumou-se com o diálogo. “Fernando Henrique Cardoso começou com isto. Não há quem não se lembre dos ataques a trabalhadores da Petrobras no seu primeiro governo. Ele copiava Margaret Thatcher.”

A íntegra do artigo também pode ser conferida no site da Liderança do PT (www.ptnacamara.org.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário