quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O MAU EXEMPLO DAS ESCOLAS DE SAMBA DE SÃO PAULO.

 

O mal exemplo começa nas grandes escolas. Lamentável o episódio que aconteceu na apuração do Carnaval de São Paulo, quando um representante de uma Escola de Samba, pulou a cerca de proteção e rasgou as notas dadas pelos jurados.

A Polícia Militar informou nesta terça-feira (21) que o representante da Império de Casa Verde que rasgou as notas durante a apuração do carnaval de São Paulo foi detido e pode responder por provocação de tumulto e vandalismo. Ele é Tiago Ciro Tadeu Farias, de 29 anos.

O delegado Osvaldo Nico Gonçalves, da Deatur, informou em seguida que havia um segundo detido, que seria integrante da Gaviões da Fiel. O torcedor da Gaviões, diz o delegado, será autuado por danos ao patrimônio público. Os dois serão levados ao 13º DP, na Casa Verde.

Segundo o comandante da Tropa de Choque no Anhembi, Alexandre Gasparian, cinco pessoas ao total tinham sido detidas até as 19h. Além do integrante da Império, que segundo seu advogado já tinha uma passagem criminal, e do torcedor da Gaviões, outras três pessoas acabaram detidas por tumulto ou porte de entorpecentes.

Fonte: G1.com

Por BENÉ FERNANDES - BLOG SOBRAL AGORA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário