sexta-feira, 17 de junho de 2011

José Airton visita Ministério da Educação

O Deputado foi em busca de liberação de mais IFETs para o Estado e recursos para escolas de Icapuí.

O deputado federal José Airton se reuniu em Brasília, nessa quarta-feira (15), na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, com o Secretário-Executivo do MEC, Henrique Paim e o Diretor de Articulação, Romeu Caputo. Paim recebeu o Deputado, juntamente com o prefeito de Morrinhos, Jerônimo Brandão e o Assessor do Gabinete do deputado federal José Airton, Elivan Queiroz.
A pauta tratou de dois temas: mais IFETs para o Estado; situação emergencial das escolas de Icapuí.
Em reunião o deputado José Airton solicitou a instalação de mais três Institutos Federais (IFET/CE) no Estado, que ficariam nos municípios de Amontada, Campos Sales e São Gonçalo do Amarante. Além da criação de mais IFETs o Deputado tratou da transformação dos Campi Avançados das cidades de Pentecoste e Aracati.
A segunda pauta foi longa e discutiu sobre a liberação de recursos para a reconstrução e recuperação das escolas de Icapuí que sofreram com o inverno passado e com o avanço do mar. As localidades mais afetadas foram Barrinha, Quitérias e o colégio da sede do município (Mizinha), além das respectivas quadras esportivas das escolas. A reunião foi a continuidade da audiencia com o Ministro Fernando Haddad, que autorizou de imediato a alocação dos recursos necessários para Icapuí.
Paim reiterou o compromisso com a liberação emergencial para Icapui, na oportunidade ficou acertado outra reunião de trabalho com as presenças do prefeito de Icapuí, da Secretaria de Educação Municipal e técnicos, principalmente o engenheiro para viabilizar o mais rapidamente possível os projetos e liberar as verbas para melhorar a educação de Icapui.
O Instituto Federal do Ceará foi criado em 2008 (Lei 11.892/2009). No Ceará, a nova Instituição conta, no momento, com 9 campi em pleno funcionamento: em Fortaleza, onde se localizava a sede Benfica do CEFETCE; em Cedro e Juazeiro do Norte, antigas instalações das Unidades de Ensino Descentralizadas vinculadas ao CEFETCE; Maracanaú, Limoeiro do Norte, Sobral e Quixadá, sedes recém instaladas, e Crato e Iguatu, onde já funcionavam as Escolas Agrotécnicas Federais, agora, incorporadas ao Instituto Federal do Ceará. Outros 3 campi já estão com obras em andamento nos municípios de Acaraú, Canindé e Crateús.
A implantação dos campi, no interior do Estado, atende à meta do Programa de Expansão da Rede Federal de Educação Tecnológica e à própria natureza dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, no que diz respeito à descentralização de qualificação profissional, levando em conta as necessidades sócio-econômicas de cada região. Com isso, pretende-se evitar o êxodo de jovens estudantes para a capital.

Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário