quinta-feira, 20 de abril de 2017

REQUIÃO: “REAFIRMO MEU COMPROMISSO DE VISITAR OS MARINHO NA CADEIA”

Por Esmael Morais, em seu blog - O senador Roberto Requião (PMDB-PR) revela-se indignado com o linchamento que sofre nos telejornais, da Globo, por relatar o projeto de abuso de autoridade.
Apesar do massacre covarde da emissora, o parlamentar parece disposto a não "afrouxar o garrão" — expressão gaúcha que significa não se dobrar e manter a firmeza para seguir adiante.
"Jornal Nacional tenta destruir a seriedade de meu projeto. Reafirmo meu compromisso de visitar os Marinho na cadeia quando e se presos", renovou nesta quinta-feira (20) o senador do Paraná.
Na semana passada, Requião já havia dito que visitaria os irmãos Marinhos na penitenciária. O parlamentar se referira à tentativa de a Globo desmoralizar o relatório confeccionado por ele, que prevê punição a abusos de autoridade, após visita ao ex-ministro José Dirceu preso no complexo médico penal de Pinhais, região metropolitana de Curitiba.
"Certamente, os donos da Globo vão para um penitenciária. Eu desejo que seja logo", afirmou Requião na véspera do feriado de Páscoa.
A Globo vem tendo sucessivos surtos por causa do projeto de abuso de autoridade. Portanto, os ataques dos Marinhos não surgiram esta semana — como demonstrou postagem do Blog do Esmael no final de março. O autoritarismo está entranhado no âmago da emissora desde seu surgimento, na ditadura militar.
"Só um imbecil submete sua experiência e conhecimento da história e do direito às exigências da Globo. Não sou um midiota, farei o melhor", contrapõe o senador.
Requião explica que rejeitou o projeto de abuso de Renan e que aprovou texto com substitutivo de Janot. "Mas a canalha desvairada continua a me agredir. Luto pelo direito".
"Não sigo a tendência da opinião publicada. Procuro ter atitudes que amanhã sejam reconhecidas como certas e necessárias", diz Requião, para quem o trabalho do judiciário e do Ministério Público têm sido notável, mas, segundo ele, "a insistência nos abusos pode levá-los a completa corrupção".
O velho combatente deixa um ensinamento a novas gerações de políticos:
"Fazer por convicção, não por ibope. Trabalhar pensando em fazer o melhor e não em como agradar todos. Reeleição é consequência não objetivo".
Resumo da ópera: Requião não recua do projeto que pune abuso de autoridade cujo texto vai à votação na CCJ do Senado na próxima quarta-feira (26).
http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/291398/Requi%C3%A3o-%E2%80%9Creafirmo-meu-compromisso-de-visitar-os-Marinho-na-cadeia%E2%80%9D.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário