terça-feira, 25 de abril de 2017

PF PEDIU PARA MUDAR DEPOIMENTO DE LULA PARA CONTER MOVIMENTO POPULAR

A Polícia Federal pediu ao juiz Sergio Moro, que julga os processos da Operação Lava Jato em primeira instância, que adie o depoimento do ex-presidente Lula, marcado para 3 de maio em Curitiba.
A alegação do pedido demonstra que a corporação tem como objetivo conter movimentos populares que organizaram sua ida à capital do Paraná para uma manifestação em apoio ao ex-presidente.
No documento enviado a Moro, o superintendente da Polícia Federal no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, solicita "mais tempo para realizar as tratativas com os órgãos de segurança e de inteligência para audiência que será realizada".
Outro pedido similar foi feito a Moro pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do governo do Paraná, alegando "possível deslocamento de movimentos populares (...), o que pode gerar problema de segurança pública, institucional e pessoal".
Moro ainda não se manifestou oficialmente sobre a data. Reportagem publicada pela Folha de S. Paulo nesta segunda-feira 24 informava que o magistrado já havia adiado a audiência do dia 3 para o dia 10 de maio.
Nesta terça, o colunista do Globo Merval Pereira disse que o adiamento pode ter como objetivo a prisão de Lula antes da realização da audiência. "A PF pediu o adiamento para organizar melhor o esquema de segurança ou está juntando mais provas contra Lula?", questionou.
Na noite desta segunda, Lula disse estar "ansioso" para depor a Moro e declarou que ele é o mais interessado na verdade. "Não estou preocupado com a data, isso é com o juiz Moro", afirmou, em evento realizado em Brasília pela Fundação Perseu Abramo (leia aqui).
Confira os documentos da PF e do governo do Paraná aqui e aqui.
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/292047/PF-pediu-para-mudar-depoimento-de-Lula-para-conter-movimento-popular.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário