sexta-feira, 7 de junho de 2019

TCU livra secretário do Tesouro de dívida de R$ 850 mil com a Capes


ABR

247 - O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, escapou de pagar uma dívida de R$ 874.449 à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes), vinculado ao Ministério da Educação, por não produzir a tese de um curso de doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT) entre 1997 e 2001. De acordo com o blog Radar, Almeida não será obrigado a recolher ao próprio Tesouro Nacional os quase R$ 850 mil – atualizados em maio de 2017 – devidos à Capes após uma decisão do Tribunal de Contas da União. Enquanto ele escapa do débito, o governo Jair Bolsonaro anunciou um novo corte de mais de 2,7 mil bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, com redução de R$ 4 milhões em pesquisas.

A dívida do secretário era referente à bolsa que ele recebeu da Capes, fpara fazer um curso de doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT) entre 1997 e 2001. Ao contrário do que previa o Termo de Compromisso do Bolsista, Almeida não apresentou sua tese e não concluiu o curso.

A partir de setembro de 2002, a Capes fez várias cobranças a Almeida. Em 2009, ele disse que estava muito atrasado, mas prometeu que providenciaria o término do doutorado até junho do ano seguinte. Três anos depois, ele atribuiu a não entrega da tese a uma doença de sua orientadora e à morte de seu pai – o prazo para a conclusão do curso havia se esgotado dez anos antes.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/395927/TCU-livra-secret%C3%A1rio-do-Tesouro-de-d%C3%ADvida-de-R$-850-mil-com-a-Capes.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário