segunda-feira, 17 de junho de 2019

Editor do Intercept aponta contradição dos procuradores da Lava Jato

 

247 - Editor do site The Intercept, responsável pelos vazamentos das conversas entre Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato, o jornalista Leandro Demori apontou a contradição de procuradores da Lava Jato ao comentar os diálogos divulgados. "Não reconhecem os diálogos, mas dizem que não tem nada de mais nos diálogos. Apostam em dois cavalos ao mesmo tempo", postou no Twitter.

Nesta segunda-feira 17, o procurador o Carlos Fernando dos Santos Lima, em entrevista ao Estado de S.Paulo, disse inicialmente que as conversas entre o ex-juiz e integrantes da força-tarefa eram uma "prática da Justiça", mas depois alertou para a hipótese de que "essas conversas não tenham sido editadas".

"A relação entre juiz e procuradores, juiz e delegados, juiz e advogados se dá diuturnamente. Questões procedimentais, exposição de pontos de vista e explicação de futuros pedidos são comuns. Somos todos conhecidos, não amigos, de mais de 20 anos. Não há nada de irregular nas conversas. Essa é a prática judiciária. Observo, novamente, que não se pode atestar que essas conversas não tenham sido editadas, motivo pelo qual nada disso significa qualquer coisa relevante", declarou Lima.

"O Carlos Fernando, que hoje usa aspas pra se referir ao nosso "jornalismo", não usou aspas quando nos concedeu uma entrevista para falar bem da Lava Jato", postou ainda Demori, compartilhando uma entrevista concedida pelo procurador ao Intercept em setembro de 2018.


Leandro Demori

@demori

Não reconhecem os diálogos, mas dizem que não tem nada de mais nos diálogos. Apostam em dois cavalos ao mesmo tempo.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/397041/Editor-do-Intercept-aponta-contradi%C3%A7%C3%A3o-dos-procuradores-da-Lava-Jato.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário