sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

GEORGE MARQUES: R$ 2 MILHÕES EM CASH VÃO DERRUBAR O SANTO?


Por George Marques, em seu Facebook - O mesmo delator da Odebrecht que revelou os R$ 23 milhões em caixa dois a José Serra (PSDB-SP), diz também que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) teria recebido R$ 2 milhões em recursos ilegais. No que conta a Folha, a Odebrecht abasteceu a campanha de Alckmin em 2010 e 2014 com recursos ilícitos entregues em dinheiro vivo. Caixa dois é todo recurso de campanha não contabilizado pelos órgãos oficiais, ou seja, propina $$ (leia aqui). Segundo informações preliminares, Alckmin era o "santo",o "apóstolo" nas planilhas de propina da Odebrecht. O 'Santo' é candidato a presidente da República em 2018, salvo se o tropeço da delação da Odebrecht não barrá-lo no meio do caminho. O presidenciável Ciro Gomes, do PDT, no entanto, avalia que nem Alckmin, nem os demais tucanos não serão eliminados do jogo – mesmo estando delatados – porque seus escândalos não serão novelizados pela Globo, em horário nobre. Segundo ele, a ética é, no Brasil, um instrumento de manipulação das massas. http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/269704/George-Marques-R$-2-milh%C3%B5es-em-cash-v%C3%A3o-derrubar-o-santo.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário