segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

76% DOS BRASILEIROS CONSIDERAM SEUS REPRESENTANTES MENOS HONESTOS

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
247 - Uma pesquisa inédita do Ibope acaba de mostrar que nunca o Brasil julgou seus representantes tão severamente. O Congresso bateu recorde de avaliação negativa, a popularidade do governo federal está ladeira abaixo, mas o fenômenos é muito mais amplo. Levantamento revela que os homens públicos brasileiros de modo geral são considerados menos honestos do que os de outros países por inéditos 76% da população que representam. Sim: 76%, releva o colunista José Roberto Toledo no Estado de S.Paulo. "Só 19% acham que os políticos nativos e os estrangeiros se equivalem em honestidade. Raros 3% dizem o contrário, que os brasileiros são mais honestos do que os do exterior. Sim: 3%. A distribuição das respostas hoje já é chocante, com 3 em cada 4 entrevistados achando que a desonestidade é uma jabuticaba, uma fruta que só dá por aqui – ao menos com tanta abundância. Mas a comparação é ainda mais dramática quando feita no tempo. Se a desconfiança em relação aos políticos sempre houve, faz poucos anos que ela viralizou e se tornou pandêmica. Em 2006, o Ibope fez a mesma pergunta aos brasileiros. Havia então um equilíbrio entre as respostas: 47% achavam que os políticos nacionais eram tão ou menos desonestos que os estrangeiros, contra 45% que os avaliavam como mais desonestos. Os outros 8% não sabiam responder. Desde então, a desconfiança cresceu 31 pontos percentuais. Saltou 69% em uma década." http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/271202/76-dos-brasileiros-consideram-seus-representantes-menos-honestos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário