quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

MP CONTRADIZ GILMAR E DIZ QUE CAIXA DOIS É CORRUPÇÃO


247 - O vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, responsável por agir em nome do Ministério Público no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contradisse a declaração do presidente da Corte, Gilmar Mendes, que relativizou o caixa 2. Para ele, a prática é uma irregularidade que tem “relação íntima” com abuso de poder econômico e eventualmente pode levar à cassação de registro ou diploma de candidatos. As informações são do Estado de S.Paulo. “Não há dúvidas de que o caixa 2 tem uma relação íntima com abuso de poder econômico”, afirmou. A declaração de Dino vai em sentido contrário à avaliação do presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. Nesta segunda-feira, 19, Gilmar afirmou que o caixa 2 não significa corrupção ou propina a priori. Para o presidente do TSE, é preciso saber a origem do dinheiro. “O caixa 2 não revela per se (em si mesmo) a corrupção, então temos de tomar todo esse cuidado”, disse Gilmar. A chapa da presidente cassada Dilma Rousseff e do presidente Michel Temer recebeu dinheiro de caixa 2 da Odebrecht na campanha de 2014, segundo delação da empreiteira à força-tarefa da Lava Jato. Em pelo menos um depoimento, a Odebrecht informa que fez doação ilegal. “O caixa 2 tem efeito muito lesivo, porque faz com que a disputa seja determinada por um fator monetário. Aquele que investe mais, gasta mais, tende a ter mais sucesso, o que é uma equação ruim para a democracia em termos de legitimação. Você cria regimes plutocráticos”, disse o vice-procurador-geral eleitoral, evitando prejulgamento sobre o processo que pode levar à cassação da chapa Dilma-Temer no TSE." http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/271538/MP-contradiz-Gilmar-e-diz-que-caixa-dois-%C3%A9-corrup%C3%A7%C3%A3o.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário