segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

MISTÉRIO DA SEMANA: QUEM PAROU OS VAZAMENTOS?


"Perguntar não ofende: alguém poderia explicar por que pararam os vazamentos das delações premiadas justamente na semana em que 77 delatores da Odebrecht prestaram depoimentos no Ministério Público Federal, a começar pelos seus donos, Emílio e Marcelo Odebrecht. Quem teve este poder?", questiona o jornalista Ricardo Kotscho; ele lembra que o misterioso fenômeno ocorreu após a carta enviada por Michel Temer a Rodrigo Janot 18 DE DEZEMBRO DE 2016 ÀS 14:42 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM Telegram Por Ricardo Kotscho, em seu blog Perguntar não ofende: alguém poderia explicar por que pararam os vazamentos das delações premiadas justamente na semana em que 77 delatores da Odebrecht prestaram depoimentos no Ministério Público Federal, a começar pelos seus donos, Emílio e Marcelo Odebrecht. Quem teve este poder? De uma hora para outra, a imprensa deu um cavalo de pau na pauta e passou a tratar de assuntos econômicos. Delações saíram das manchetes dos jornais e das capas de revistas. Para mudar de assunto, o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, declarou guerra à maconha (veja post anterior). O misterioso fenômeno aconteceu depois que o presidente Michel Temer enviou ofício ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedindo providências para evitar a divulgação "ilegítima" de delações protegidas por sigilo, advertindo que estes vazamentos podem levar à anulação do processo e estavam prejudicando o bom andamento do governo. Não se tem notícia da resposta de Janot ao questionamento de Temer, mas o fato é que a partir daí só houve vazamento da delação do executivo Márcio Faria da Silva, Leia a íntegra no Balaio do Kotscho http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/271156/Mist%C3%A9rio-da-semana-quem-parou-os-vazamentos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário