terça-feira, 28 de outubro de 2014

O tempo do Governador eleito Camilo aproveita período de descanso

 

Após quase quatro meses de campanha, dividida em dois turnos, o deputado estadual Camilo Santana (PT), que venceu as eleições para o Governo do Ceará, passou grande parte do dia de ontem descansando ao lado da família, sem compromissos oficiais. Segundo a assessoria de imprensa do petista, Camilo vai tirar uns dias de descanso, mas, por enquanto, não há informações sobre viagens e nem mesmo sobre quando ele retorna às atividades parlamentares na Assembleia Legislativa. Camilo é deputado estadual eleito em 2010.
Camilo Santana (PT) conversou na manhã de ontem por telefone com a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT). Na ocasião, os dois se parabenizaram pelas vitórias e comprometeram-se a trabalhar juntos para o Ceará e o Brasil. Dilma ressaltou as parcerias que tem com o governador Cid Gomes e que pretende ampliá-las com Camilo.
“Fiquei muito feliz com a vitória de Dilma. Ela é do meu partido e comemorou o fato de eu ser o primeiro governador do PT eleito no Ceará. Nossa parceria será muito importante para que o nosso Estado garanta suas conquistas e avance ainda mais”, disse Camilo, ressaltando haver muitos projetos com o Governo Federal que devem ser intensificados no Ceará, como as obras do Cinturão das Águas, Metrô de Fortaleza, Transposição do Rio São Francisco e Transnordestina. O futuro governador e a presidente reeleita ficaram de conversar mais uma vez, nos próximos dias, para marcar uma reunião de trabalho em Brasília.
No domingo (26), Camilo foi eleito com cerca de 2.417.668 milhões de votos – 53,35% dos votos válidos – contra 46,65% de seu adversário, Eunício Oliveira (PMDB). Em discurso após confirmação do resultado, Camilo falou da responsabilidade de unir o Ceará e comentou suas primeiras ações a partir de janeiro de 2015.
Ontem, em entrevistas para emissoras de rádio e TV, Camilo Santana falou que buscará dialogar com todos os “parlamentares eleitos”. O petista não vetou os nomes de senadores de devem atuar na oposição como é o caso de Eunício Oliveira (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB).
O petista também prometeu que vai priorizar a Segurança Pública em sua gestão, uma das áreas mais questionadas durante os debates eleitorais.
AGENDA
Apesar de reverberar ser cedo para tratar sobre os critérios que utilizará para compor o quadro de secretários, Camilo afirmou que não tem “compromisso com ninguém” no que diz respeito a indicações para formar o secretariado de sua gestão.
O petista ainda revelou que, partir de novembro, começará por meio de reuniões com a vice-governadora Izolda Cela, a pensar sobre a sua administração. Segundo a assessoria de comunicação, hoje, o petista terá diversas reuniões internas.
VITÓRIA POR MUNICÍPIOS
Durante a campanha eleitoral, o petista chegou a visitar 160 dos 184 municípios cearenses. Após a abertura de 100% das urnas apuradas, constatou-se que Camilo foi o mais votado em municípios como Juazeiro do Norte, Crato, Quixadá, Itapipoca, Iguatu e Sobral, reduto político de Cid. Vencendo assim em seis dos dez maiores colégios eleitorais do Ceará.
O melhor desempenho dele se deu no Crato, sua terra natal, com 83,09% dos votos contra 16,91% de Eunício. Em Sobral, terra de Cid Gomes e Izolda Cela, eleita vice-governadora, Camilo chegou a 62,19% contra 37,81% de seu adversário.
Já o seu adversário político, Eunício Oliveira (PMDB) liderou nos outros quatro maiores colégios eleitorais cearenses: Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Maranguape, todos na Região Metropolitana. Na Capital, Eunício obteve 57,17% dos votos contra 42,83% do governador eleito, Camilo Santana.

Postado por pompeumacario

Nenhum comentário:

Postar um comentário