quarta-feira, 16 de maio de 2018

PF reconhece não ter prova da Odebrecht contra Lula no caso de Atibaia


Em um laudo divulgado nesta quarta-feira 16, peritos da Polícia Federal afirmam que "não foram encontrados documentos ou lançamentos que façam referências a termos tais como Atibaia, Sítio e Santa Bárbara" nos sistemas Drousys e MyWebDay, que a Odebrecht utilizava para distribuir propina; foram analisados 1,9 milhão de arquivos; caso do sítio será mais um a condenar o ex-presidente Lula sem provas

16 de Maio de 2018 às 17:09 // Inscreva-se na TV 247 Youtube

Ouça este conteúdo 0:00 100% Audima

247 - Em um laudo divulgado nesta quarta-feira 16, peritos da Polícia Federal afirmam que "não foram encontrados documentos ou lançamentos que façam referências a termos tais como Atibaia, Sítio e Santa Bárbara" nos sistemas Drousys e MyWebDay, que a Odebrecht utilizava para distribuir propina.

Foram analisados 1,9 milhão de arquivos; caso do sítio será mais um a condenar o ex-presidente Lula sem provas. Destes, 842 apresentaram sinais de adulteração. A notícia sobre o laudo foi publicada na coluna Radar, de Veja.

Ao que parece, o caso do sítio será mais um a condenar o ex-presidente Lula sem provas, assim como foi o do triplex do Guarujá.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/sp247/355109/PF-reconhece-n%C3%A3o-ter-prova-da-Odebrecht-contra-Lula-no-caso-de-Atibaia.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário