domingo, 11 de dezembro de 2016

O Lula tinha razão quando disse que o STF estava acovardado

STF ABAIXOU A CABEÇA PARA RENAN, QUE JÁ FALA EM NOVA SABATINA DE MARCO AURÉLIO


247 - Ao decidir, por 6 votos a 3, que Renan Calheiros (PMDB-AL) poderia continuar na presidência do Senado, apesar de deixar a linha sucessória da presidência da República, por ser réu por peculato, o Supremo Tribunal Federal abaixou a cabeça para o parlamentar. Neste fim de semana, Renan, que não cumpriu a liminar do ministro Marco Aurélio Mello que determinava seu afastamento do cargo, defendeu que o magistrado passe por uma nova sabatina. "Eu sou amigo dele, da sua família. Quando defendi mais cinco anos para a compulsória dos ministros do Supremo eu achava que eles precisariam ser sabatinados novamente. O Marco Aurélio se insubordinou, se indisciplinou, e eu retirei essa exigência do projeto", conta Renan, em entrevistao ao Estado de S.Paulo. "Mas esses últimos dias demonstram que foi um erro. Porque alguns ministros não precisam se submeter à sabatina. Mas outros, como Marco Aurélio, precisam sim. Devem ser sabatinados", ressaltou. Leia aqui a íntegra. http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/269902/STF-abaixou-a-cabe%C3%A7a-para-Renan-que-j%C3%A1-fala-em-nova-sabatina-de-Marco-Aur%C3%A9lio.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário