quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

GABAS: QUEM PAGA A CONTA DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA É O POBRE


247 - O ex-ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, afirmou, em entrevista ao vivo ao 247, que a reforma do sistema previdenciário brasileiro, proposta pelo governo de Michel Temer, coloca a crise econômica e política do país "na conta do mais pobre". Para ele, a solução não está em desmontar a atual rede de proteção social, como propõe Temer, mas sim buscar outras fontes de financiamento do sistema. "Tem que se quer discutir sustentabilidade do sistema e incluir todos que fazem parte do sistema, inclusive as fontes de financiamento. Não se pode desmontar uma rede de proteção ao mais pobre. Da forma que está, é claro que esta reforma atinge duramente o mais pobre. É uma tentativa de se resolver uma crise econômica que não foi criada pelo mais pobre, que se agravou no Brasil por causa da crise política, colocando na conta do mais pobre", afirmou. Ele ressalta que alternativas o governo Dilma pensou para a Previdência. "Nós tínhamos a discussão de outras fontes de financiamento. Por exemplo, a distribuição de lucros e dividendos não paga Imposto de Renda. Então, por que trazer o aposentado da Previdência, o cidadão que recebe salário mínimo, o deficiente que recebe um benefício para sua mínima sobrevivência para esta discussão?", questiona. http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/270474/Gabas-quem-paga-a-conta-da-reforma-da-Previd%C3%AAncia-%C3%A9-o-pobre.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário