terça-feira, 10 de outubro de 2017

Enquete: 89% querem que Dilma concorra ao Senado

 

 Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Minas 247 - Uma enquete promovida pelo mandato Sempre na Luta, do deputado estadual Rogério Correia (PT), mostra que a maioria ampla gostaria que a presidente deposta pelo golpe, Dilma Rousseff, fosse a candidata do PT ao Senado na eleição de 2018.

O levantamento, realizado no perfil do parlamentar no Twitter, contou com a participação de 2.208 pessoas.

Elas responderam à seguinte questão: "Dilma tem até este sábado para optar se será candidata a senadora em Minas pelo PT. Ajude na decisão. Dilma senadora em MG?". Apenas 11% votaram "não", e 89% optaram pelo "sim".

Segundo Correia, "a enquete mostra que a força de Dilma continua grande, e esse impulso vem da percepção de que houve de fato um golpe no Brasil". "Os brasileiros percebem o golpe, percebem que Dilma foi injustiçada e percebem que o golpe ocorreu para vender o Brasil aos estrangeiros e acabar com direitos dos mais pobres", acrescentou.

O Congresso Nacional aprovou na sexta-feira (6) as regras para as eleições de 2018 e aumentou o prazo para os eventuais candidatos que queiram mudar o domicílio eleitoral. Agora, eles precisam informar o endereço seis meses antes do pleito.

Dilma, com domicílio no Rio Grande do Sul (onde viveu os últimos anos, antes de virar ministra de Lula e presidente), tem até 7 de abril para mudar. A ex-presidente é mineira de Belo Horizonte.

Uma pesquisa feita pelo instituto Quaest com 2,2 mil eleitores em 189 cidades mineiros apontou que Dilma lidera as intenções de voto para o Senado no estado, com 12% das intenções espontâneas de votos.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/minas247/321525/Enquete-89-querem-que-Dilma-concorra-ao-Senado.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário