sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Globo pressiona TSE a desafiar a ONU e caso Lula entra na pauta


247 – Inimiga do ex-presidente Lula, que vem sendo mantido como preso político para não disputar as eleições presidenciais de 2018, que ele venceria com facilidade, a Globo pressionou e o Tribunal Superior Eleitoral colocou o caso na pauta desta sexta-feira, antes mesmo que os ministros pudessem ler a defesa de 200 páginas apresentada nesta madrugada.

A pressa divide ministros do TSE. Enquanto Rosa Weber defende o respeito aos prazos, o ministro Luis Roberto Barroso é apontado como o mais vulnerável às pressões da Globo.

As pesquisas eleitorais mostram que Lula, que chega a ter 41% dos votos na Vox Populi e 39% no Datafolha, é a única garantia de que o Brasil não mergulhará no fascismo de Jair Bolsonaro – mas, pressionados pela emissora dos Marinho, meia dúzia de juízes podem empurrar o Brasil para o precipício. Uma associação de investidores alemães divulgou nota em que pede que as multinacionais germânicas não invistam mais no Brasil caso o fascismo prevaleça.

Decisão recente do Comitê de Direitos Humanos da ONU determina ao Brasil que respeite os direitos políticos de Lula.

"O julgamento sobre registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou na pauta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desta sexta-feira (31). Não está claro se será julgado o mérito do registro, ou seja, os pedidos para barrar a candidatura ou se serão julgados apenas os pedidos de liminares para que o ex-presidente seja excluído da propaganda gratuita. A propaganda eleitoral de presidenciáveis no rádio e na TV começa neste sábado (1º) e o tribunal pode analisar se Lula pode ser apresentado como candidato do PT", noticia o portal G1, da Globo.

A sessão do TSE já foi aberta. Assista ao vivo:

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/367264/Globo-pressiona-TSE-a-desafiar-a-ONU-e-caso-Lula-entra-na-pauta.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário