sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

GREENWALD PEDE INVESTIGAÇÃO RIGOROSA E DISTANTE DE TEMER


247 - O jornalista norte-americano Glenn Greenwald, do portal The Intercept, defende que se faça uma investigação "rigorosa e distante de Temer" sobre o acidente que provocou a morte do ministro do STF Teori Zavascki, que, na condição de relator da Lava Jato no Supremo, estava prestes a homologar a delação premiada da Odebrecht, que atinge mais de 100 políticos. "Embora não haja provas de que a queda não tenha passado de um acidente causado pelas condições meteorológicas, as circunstâncias políticas levaram a pedidos e, evidentemente, exigem uma investigação rigorosa e independente, assim como uma proteção robusta para que a investigação de corrupção possa prosseguir com integridade", defende o jornalista. "O aspecto possivelmente mais perturbador de todo o caso", destaca ainda Greenwald, "é que o substituto de Zavascki na coordenação da investigação será agora escolhido por Temer — a pessoa que mais tem a perder com o prosseguimento de uma investigação rigorosa". Leia aqui a íntegra de seu texto. http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/276212/Greenwald-pede-investiga%C3%A7%C3%A3o-rigorosa-e-distante-de-Temer.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário